POLÍCIA CIVIL INVESTIGA SE MILITAR DO EXÉRCITO FOI ESPANCADO POR ENGANO NO INTERIOR DO RN

A Polícia Civil caiu em campo em investigação para descobrir porque um militar do Exército foi espancado por populares em uma comunidade rural do município de Cruzeta no último domingo. De acordo com o que apurou o blog Jair Sampaio junto à Polícia Civil, o jovem caiu em local e hora errados.

Para a polícia, o militar estaria perdido na região e foi pedir informações, momento em que foi confundido como bandido e em seguida espancado por moradores na zona rural. Ainda de acordo com a Polícia Civil de Caicó, o Exército (1º BEC) já tomou ciência com a delegacia a cerca do ocorrido.
O militar tinha em mãos uma arma de fogo, um revólver, que por ironia não tinha o registro de posse, o que configura “crime afiançável”. Por ser militar, o jovem fica detido, ou não, em uma unidade militar do Exército, no caso o 1º Batalhão de Engenharia, até que a polícia finalize o inquérito.
O delegado não quis adiantar o teor das investigações, mas adiantou que os moradores da comunidade alegam insegurança e por isso acharam que a vítima seria um bandido, e terminou atacando-o. “Pea pra 10 o rapaz levou sozinho”, disse uma fonte ao blog Jair Sampaio na cidade de Cruzeta-RN. Blog Jair Sampaio

whatsapp