PREFEITA DE PARAÚ NÃO DARÁ REAJUSTE AOS PROFESSORES E ALEGA QUE MUNICÍPIO ESTÁ 'LISO'

Da redação - Assú Notícia: A chefe do executivo de Paraú, Maira Olímpia, que deverá ser afastada do cargo ainda esse ano, tomou uma decisão que deixou todos os professores abismados e estarrecidos. Em um documento enviado ao Sindicato dos Professores de Paraú, ela alega que o município não tem nenhuma condição de ofertar o reajuste para os professores. A justificativa narrada pela prefeita incompetente, foi dizer que a gestão não tem dinheiro para o reajuste.

Ainda por cima, Maria Olímpia disse que em 2023, irá realizar um planejamento para tratar sobre o retroativo referente ao reajuste dos profissionais da educação. A decisão da 'gestora' não agradou a própria secretária de educação.

Professores aliados a gestão, estão insatisfeitos com a decisão da chefe do executivo, que alega 'liseu', mas não deixa de efetivar contratos desnecessários com valores altos, conforme já mostramos neste meio de comunicação.

Há rumores na cidade, que os professores pretendem fazer greve e paralisar as atividades pela falta de respeito e incompetência da prefeita e sua gestão. Ao invés de deixar uma marca registrada de respeito e admiração a classe dos professores, Maria Olímpia prefere erguer o troféu das operações já efetuadas pelo Ministério Público, GAECO e Polícia Militar, em sua gestão.

Há pouco mais de dois meses, a secretária de educação do município, emitiu uma nota alegando que à imprensa atingiu a honra dos professores que são dedicados, após narramos que existia denuncias de ameaças aos pais de alunos que retiravam seus filhos da escola Padre Amaro, e os matriculavam numa escola da rede estadual. Época, a secretária emitiu uma nota, se solidarizando com os professores. Agora, após o anuncio feito pela prefeita Maria Olímpia, a secretária fecha os olhos, finge não enxergar o absurdo escrito pela prefeita no ofício, e fica em silêncio.


whatsapp