SUSPEITO DE MATAR DONO DE BAR E BALEAR JOVEM EM PATU, SARGENTO DA PM SE APRESENTA À POLÍCIA EM NATAL

Após se apresentar ao Comando Geral da Polícia Militar, em Natal, o sargento da PM Francisco Batista Pereira segue preso na manhã desta terça-feira 8. O policial estava foragido por ser suspeito de matar o dono de um bar e balear uma jovem, de 21 anos, no rosto. A motivação do crime – ocorrido em Patu, no interior do RN – seria devido a negação de uma última dose, já que o bar estava fechando. As informações são do Bom Dia RN/InterTV Cabugi.

A Polícia Civil deve abrir um inquérito para investigar o crime. Já a PM, vai apurar o caso de maneira administrativa. O Sargento ainda não foi ouvido.
Vítimas 
O dono do bar, identificado como Rivonaldo Felipe de Queiroz, de 41 anos, morreu na hora. Ele deixa três filhos, um deles de 6 anos de idade.
Já a jovem levou um tiro no rosto, foi socorrida às pressas para Hospital Regional de Pau dos Ferros. Depois seguiu e para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde está neste momento. Segundo a mãe, a garota está consciente e fora de perigo. Ela aguarda melhorar de um inchaço no rosto para fazer a retirada da bala, que ficou alojada, para fazer uma cirurgia.
Caso
O dono de um bar e uma jovem foram atingidos com tiros em Patu, cidade do Oeste potiguar, na madrugada deste domingo 6 em um estabelecimento comercial da cidade. O homem, conhecido como Rivonaldo Felipe de Queiroz, morreu. Já a jovem levou um tiro no rosto e foi socorrida às pressas para Hospital Regional de Pau dos Ferros, onde está internada em estado grave. De acordo com o Comando da Companhia Independente de Patu, o suspeito fugiu para uma direção desconhecida dentro do mato.
O autor dos disparos seria o Sargento da PM Francisco Batista Pereira. A motivação do assassinato começou quando lhe foi negado uma última dose de bebida no bar a “saideira”. Conforme uma testemunha falou para a polícia, após a negativa, Francisco puxou a pistola e efetuou vários tiros contra Rivonaldo, que morreu no local.
As diligências em busca de Francisco Batista se iniciaram na região, ele fugiu para dentro do mato. Minutos depois da fuga, seu veículo foi encontrado abandonado. Os agentes da lei suspeitavam que ele esteja escondido em uma área de caatinga, em Patu. AgoraRN

whatsapp