VEÍCULO TORO DA PREFEITURA DE PARAÚ É APREENDIDO EM BLITZ DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL EM ASSÚ

Da redação - Assú Notícia: Uma blitz da Polícia Rodoviária Federal que estava acontecendo na BR-304 no perímetro de Assú, abordou o veículo oficial da Prefeitura de Paraú, que foi apreendido após constatar irregularidades na documentação. 

A reportagem do ASSÚ NOTÍCIA buscou informações detalhadas sobre a ocorrência e tomamos conhecimento de que o veículo Toro de placas QGO-4666 em nome da Prefeitura Municipal de Paraú, por intermédio do Fundo Municipal de Saúde de Paraú, estava vindo de Natal, com destino a cidade, quando foi abordado por agentes da PRF durante a blitz da operação finados, que acontece em todo o Rio Grande do Norte.

Após ser abordado, foi verificado a questão do veículo e constatado que existe em aberto, quatro infrações em atuação, essas que foram deferidas no Rio Grande do Norte e três no Estado do Ceará. Segundo o portal do DETRAN-RN, o veículo pertencente a prefeitura de Paraú, também está com débito de R$ 422,47. A última pesquisa feita por este meio de comunicação, conseguimos calcular o débito de emplacamento de 2019, 2020 e as multas, o município está com débito de R$ 1.309,13 reais.

A blitz aconteceu na tarde de quinta-feira 28 de Outubro de 2021, quando foi realizada a abordagem. Os ocupantes e o motorista, foram levados para Paraú, após a prefeita tomar conhecimento da apreensão do veículo oficial, e enviou um outro carro legalizado para transladar os passageiros e motorista.

O veículo, certamente será liberado após a quitação do débito da administração de Paraú, ou se até mesmo retirar a restrição que consta, e  que a cidade já foi alvo de operação do Ministério Público em combate ao desvio de recursos públicos. Enquanto isso, o carimbo da falta de pagamento, ganha mais um selo na gestão da prefeita (por tempo indeterminado) Maria Olímpia.

Em 15 de Maio de 2021, alertamos a gestão que o veículo estava com débitos em aberto, e restrição, e que isso poderia gerar apreensão. Mas, a gestão da incompetência resolveu por mais uma vez 'empurrar com a barriga' resultando agora, na apreensão do veículo oficial, sendo considerado uma vergonha. - VEJA AQUI.

Segundo o DETRAN, o veículo oficial estava circulando com um impedimento administrativo que consta no sistema. O impedimento seria em razão do acidente que aconteceu envolvendo a toro, e foi colocado no sistema no dia 26 de Dezembro de 2019, e para que pudesse retirar a restrição, o município deveria ter apresentado o veículo a PRF após o conserto, e provavelmente isso não aconteceu, ocasionando o impedimento que indica ter sido apreendido por este motivo.

O veículo apreendido, têm se envolvido em diversas polêmicas na cidade, sendo ocultada por vários meses, após se envolver num acidente, além de ser usada como ambulância para transportar irregular um idoso com câncer, entre outros absurdos na marca da gestão.


whatsapp