PEDESTRE AVANÇA SINAL VERDE E É COLHIDO POR MOTOCICLETA NA RUA DR. LUIZ CARLOS EM ASSÚ

Da redação - Assú Notícia: Um acidente foi registrado na tarde de quarta-feira 17 de Novembro de 2021, na Rua Dr. Luiz Carlos, quase ao lado da Capela de São Tarcísio, no bairro Dom Elizeu, em Assú. Uma mulher por nome de Jéssica, estava conduzindo uma motocicleta sentido Centro Clínico, quando um homem avançou o sinal verde e foi atropelado pela motociclista.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do ASSÚ NOTÍCIA, Jéssica estava em sua motocicleta com o semáforo aberto, seguindo sentido Centro Clínico, quando o cidadão teria atravessado a pista sem observar os veículos que estavam vindo, sendo ele colhido pela motocicleta.

Jéssica, ficou caída ao solo com ferimentos nos pés, mãos, e queixo, além de sentir fortes dores na cabeça. Já o cidadão, foi socorrido por meios próprios para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA do Alto São Francisco, e passa bem.

Enquanto Jéssica, ficou caída ao solo, sem condições de levantar, e sentido fortes dores. Algumas pessoas tentaram acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, porém, sem êxito. Duas pessoas foram de moto até a sede do órgão, que fica instalada no Centro Clínico, para comunicar o acidente e consequentemente acionar a equipe, porém foi alegado que eles não poderiam sair da base, até que fossem notificado pela central.

Nesse meio tempo, Jéssica ficava se queixando de fortes dores pelo corpo, além de está deitada em meio ao asfalto quente. Alguns profissionais de saúde, passavam pelo local e fizeram os primeiros socorros para com à vítima, depois de receberem informações que a equipe do SAMU não vinha ao local, sem autorização da base.

Usando da experiência, dois profissionais de saúde imobilizaram o braço da vítima, usaram uma tala feita de papelão e iniciaram os primeiros atendimentos. Foi usado uma tábua como prancha, para imobilizar a paciente. Feito isso, ela foi colocada na caçamba de uma hilux e levada pelos socorristas para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA do Alto São Francisco.

Enquanto os técnicos faziam os primeiros atendimentos, a ausência do socorro da equipe do SAMU, revoltava as demais pessoas que estavam no local por muito tempo, tentando contato por telefone com a equipe, ou até mesmo uma posição positiva, após pessoas irem no prédio fazer o acionamento. 


whatsapp