IVÊNIO HERMES É LIBERADO DA PRISÃO APÓS JUSTIÇA DETERMINAR 40 SALÁRIOS MÍMINOS DE FIANÇA E MEDIDAS CAUTELARES

O pesquisador e coordenador de estatísticas da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, Ivênio Hermes, foi liberado da prisão em audiência de custódia realizada na tarde desta terça-feira (9). Ele foi liberado mediante medidas cautelares e pagamento de fiança de 40 salários mínimos. O alvará de soltura só será expedido após o pagamento, com o pesquisador podendo responder em liberdade. 

A audiência começou por volta das 14h45. Ivênio Hermes esteve acompanhado de um advogado. A decisão da audiência de custódia determinou ainda que Ivênio precisará comparecer em juízo mensalmente e comunicação de novo endereço em caso de mudança de endereço.  Mais cedo, o secretário de Segurança do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, confirmou que vai exonerar o coordenador de Análises Criminais da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed). 

De acordo com informações do TJRN, Ivênio Hermes precisa da comparecer em juízo, mensalmente, entre os dias 20 e 30 de cada mês para informar e justificar atividades. Além disso, está proibido de sair de Natal por mais de 8 dias, informar ao juízo competente eventual mudança de endereço e suspensão do porte/posse de arma de fogo. Além disso, também está proibido de manter qualquer contato ou se aproximar das vítimas.


whatsapp