EFICIÊNCIA DA POLÍCIA MILITAR ENCONTRA ARMA USADA POR "ARGEU" PARA MATAR DESAFETO EM ASSÚ

Da redação - Assú Notícia: Depois de prender o acusado de ter matado "Marzinho dos Passarinhos", a equipe eficiente de policiais militares, comandados pelo tenente-coronel Assis Santos, não descansaram e continuaram em diligências para encontrar a arma usada no crime contra a vítima, no inicio da tarde de hoje, segunda-feira, 22 de Outubro de 2018.
A equipe do NORE e Força Tática, deram inicio aos procedimentos de buscas para encontrar a chave principal usada no crime, o revólver calibre 38.
Segundo a PM, a arma de fogo foi encontrada na rua Sebastião Pinheiro de Oliveira, Nº 371, no bairro Parati 2000. A arma encontrava-se escondida em baixo de escombros, semelhantes a madeira, e mesmo assim, os policiais tiveram a certeza de encontrar a arma de fogo no local.
Depois de prenderem o acusado e apresentar ao delegado, os policias do NORE e Força Tática encontraram a arma de fogo, e conseguiram prender uma segunda pessoa supostamente envolvida no crime contra "Marzinho dos Passarinhos".
Segundo a PM, Alexandre, que foi preso na segunda etapa da ação, teria ligação com o crime, uma vez em que o principal acusado, o Argeu, disse aos militares que Alexandre foi quem conduzia a moto, e depois de vítima e acusado entrarem em luta corporal, Alexandre evadiu-se do local. Ele também foi apresentado ao delegado, e poderá responder em relação ao crime.

POLÍCIA MILITAR PRENDE SUSPEITO DE MATAR "MARZINHO DOS PASSARINHOS" NO BAIRRO PARATI 2000

Argeu - Acusado de ter matado "Marzinho dos Passarinhos"
Da redação - Assú Notícia: Um trabalho rápido e eficaz dos policiais militares do 10º Batalhão de Assú, sob o comando do tenente-coronel Assis Santos, realizaram a prisão do suspeito de ter matado Erismar Celeste da Rocha, de 43 anos, cujo conhecido como "Marzinho dos Passarinhos". 
A Central de Operações da PM, havia recebido informações no inicio da noite, de que o suspeito de ter matado a vítima, encontrava-se num bar, no bairro onde ocorreu o crime. As viaturas do Núcleo de Operações Rodoviário Estadual - NORE e Força Tática, se deslocaram para o local da denúncia e encontraram o suspeito dentro do bar. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia de polícia civil da cidade, para ser lavrado o procedimento. 
Vítima morreu em Mossoró
Assassinato
O crime se deu por volta do meio-dia, de segunda-feira, 22 de Outubro, numa casa localizada no bairro Parati 2000, quando o suspeito por nome de Ageu, chegou e atirou contra a vítima, ao qual foi socorrida ao Hospital Regional. A vítima foi transferida pelo SAMU em estado grave para o Tarcísio Maia em Mossoró. No inicio da noite, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.
Após ter atirado contra o seu alvo, Ageu fugiu a pé pelas ruas do bairro, como nada tivesse acontecido. Ele havia sido visto numa rua do bairro, que fica as margens da BR-304. 
A motivação do crime, ainda não é de conhecimento da imprensa, uma vez em que a autoridade policial, deverá conceder entrevista para a imprensa, dando detalhes da motivação do crime.


"MARZINHO DOS PASSARINHOS" MORRE EM MOSSORÓ APÓS NÃO RESISTIR ATENTADO EM ASSÚ

Da redação - Assú Notícia: Morreu em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, Erismar Celeste da Rocha, de 43 anos de idade, conhecido como "Marzinho dos Passarinhos", que sofreu dois tiros no bairro Parati 2000, no inicio da tarde de segunda-feira, 22 de Outubro de 2018. A informação era que o elemento por nome de Ageu, foi quem atirou e matou a vítima. Ele teria chegado numa casa onde a vítima estava, e efetuou dois tiros em direção a "Marzinho", que foi socorrido por meios próprios ao Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, e transferido pela SAMU, para Mossoró, onde não resistiu e morreu. 

"AGEU" TENTA MATAR "MARZINHO DOS PASSARINHOS" NO BAIRRO PARATI 2000 EM ASSÚ

"Marzinho dos Passarinhos" Transferido em estado grave para Mossoró
Da redação - Assú Notícia: O relógio já marcava pouco mais das 12hs desta segunda-feira, 22 de Outubro de 2018, quando os policiais de plantão da Central de Operações - COPOM, receberam informações através do 190, de que estava ocorrendo disparos de arma de fogo no bairro Parati 2000,. proximidades do estabelecimento de Aluizio, setor bastante conhecido no bairro.
De acordo com as informações que chegaram para a polícia, é que o sujeito por nome de "Ageu" teria chegado numa casa aonde estava Erismar Celeste da Rocha, de 43 anos de idade, conhecido como "Marzinho dos Passarinhos", e atirou duas vezes. A vítima foi alvejada na região do abdômen e socorrida por meios próprios para o Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos. Uma ambulância de suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, transferiu "Marzinho" para Mossoró. A situação da vítima é grave.
Depois que tentou matar a vítima, "Ageu" fugiu a pé com arma em punho e foi visto nas imediações da BR-304. Policiais militares fazem diligências para tentar prender o acusado.

DELEGADO APOSENTADO É PRESO DURANTE OPERAÇÃO DA POLÍCIA EM NATAL

O delegado aposentado Delmontiê Evaristo Falcão foi preso na manhã desta segunda-feira (22) em Natal. A Delegacia Geral de Polícia Civil confirmou a prisão. A Degepol marcou uma entrevista coletiva para às 11h30 na Central de Flagrantes, Zona Oeste da capital, para detalhar a prisão do delegado. Delmontiê passou pelas principais delegacias especializadas da Polícia Civil do estado. Em 2013 assumiu a delegacia regional de Macau, Região Oeste do RN.
De acordo com a Polícia Civil, Delmontiê vai responder por crimes de formação de quadrilha e agressão. Os agentes começaram as investigações a partir de imagens capturadas por câmeras de vigilância de uma hostilidade cometida pelo delegado contra um policial de sua equipe. Posteriormente ao episódio, os dois foram separados do grupo. Nas imagens, Delmontiê aparece apontando uma arma contra o companheiro de trabalho.

Além deste caso, a Polícia Civil declarou que Falcão tinha envolvimentos com um “grupo de pistolagem” ou seja, grupo de milícia que atuava no Vale do Assu, distante 298 quilômetros de Natal. Outras acusações ainda contra o delegado ainda serão investigadas, como apreensão irregular de veículos.
Os crimes cometidos por Falcão se enquadram também em tortura e abuso de autoridade, de acordo com os agentes de segurança. “No Vale do Assu, é muito comum que se haja encomenda de mortes a grupos como esses em que Delmontiê tinha envolvimento, por motivos diversos”, declarou a Polícia Civil. O homem ficará preso preventivamente esperando pelo julgamento da justiça. - Informações - OP9

ARMAS, DROGAS, MUNIÇÕES E SETE PESSOAS PRESAS DURANTE OPERAÇÃO REALIZADA EM ASSÚ

Da redação - Assú Notícia: A 5ª fase da operação "60 horas" durante este final de semana, resultou na apreensão de armas, drogas, munições e sete pessoas. A ação houve integração da polícia civil, militar e sistema penitenciário. Abaixo, segue na integra o relaser divulgado pela polícia.
A equipe de policiais da DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE ASSU e do 10º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR, com apoio do Sistema Penitenciário,  deflagraram a 5ª FASE da “OPERAÇÃO 60 HORAS”, visando cumprir MANDADOS DE PRISÕES e dezenas de DILIGÊNCIAS pendentes na cidade, além de realizarem importantes PRISÕES EM FLAGRANTE.
Nessa fase da operação, uma BOCA DE FUMO foi fechada no bairro Parati 2000, às margens da BR 304, zona urbana da cidade, sendo apreendido no local MACONHA, CRACK, COCAÍNA, um REVÓLVER calibre .38 municiado, um RÁDIO COMUNICADOR na frequência da Polícia, além de insumos para o embrulho da droga, oportunidade em que foram presas 07 (sete) pessoas. Durante as diligências, alguns integrantes foram ao local e, abordados pela polícia, um deles foi flagrado com uma PISTOLA calibre .380, totalmente municiada, além de munição de espingarda calibre 12.
A operação teve início às 18h, do dia 19/10/2018, encerrando-se às 08h do dia de hoje, 22/10/2018, sendo efetuadas, ao todo, 07 (sete) PRISÕES, onde 04 (quatro) delas foram em cumprimento de MANDADOS DE PRISÃO e as outras 03 (três) por força de autuação em FLAGRANTE DE DELITO.
Foram presos, nessa 5º FASE:
1º INDIANO DANTAS BEZERRA, vulgo “INDIANO” (19 anos) – PRISÃO EM FLAGRANTE por crime de RECEPTAÇÃO e ADULTERAÇÃO DOS SINAIS IDENTIFICADORES DO VEICULO;
2º THIERRY ALMEIDA HORÁCIO SILVA, vulgo “THIERRY” (20 anos) – MANDADO DE PRISÃO por envolvimento com o “TRÁFICO DE DROGAS”;
3º JOÃO COSTA DE ALBUQUERQUE, vulgo “JOÃOZINHO” (36 anos) – MANDADO DE PRISÃO por envolvimento com o “FURTO QUALIFICADO e RECEPTAÇÃO”;
4º ALDEMIR SARAIVA CENA JUNIOR, vulgo “JUNINHO DA PROFESSORA” (30 anos) – MANDADO DE PRISÃO por envolvimento com o “TRÁFICO DE DROGAS”;
5º PEDRO HENRIQUE DA SILVA, vulgo “PEDRO HENRIQUE” (20 anos) – MANDADO por envolvimento com “ROUBO MAJORADO”;
6º DENILSON PINTO DA COSTA, vulgo “BARI” (24 anos) – PRISÃO EM FLAGRANTE por crime de TRÁFICO DE DROGAS, POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO e RECEPTAÇÃO;
7º RODRIGO WESLEY DE FARIAS LOPES, vulgo “RODRIGO” (23 anos) – PRISÃO EM FLAGRANTE por crime de POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO e RECEPTAÇÃO.
As Polícias CIVIL e MILITAR agradecem todo o apoio prestado pela população local e pedem para que continuem colaborando, podendo ajudar, de forma anônima, pelos números (84) 99992-2122 e 98155-2956.
ADSUMUS!

POLÍCIA DE PARAÚ PRENDE ELEMENTO APÓS ROUBAR E AMEAÇAR IDOSA DE 55 ANOS

Da redação - Assú Notícia: A polícia militar da cidade de Paraú, no Rio Grande do Norte, prendeu o individuo identificado como Daniel da Silva Ferreira, de 22 anos de idade, conhecido como "Nandim", por ter roubado um aparelho celular da senhora Antônia Firmino de Oliveira Silva, que tem 55 anos. 
O roubo aconteceu na manhã de Domingo, 21 de Outubro de 2018, na zona urbana da cidade. Segundo informações do comandante do destacamento da cidade, Sargento Silva, o individuo fugiu depois de roubar o celular, e teria ameaçado de morte a idosa, caso ela desse parte dele.
A polícia foi comunicada e depois de realizar patrulhamento na cidade, a PM encontrou o individuo e deu voz de prisão. A vítima e acusado, foram encaminhados para a delegacia de polícia civil de plantão, na cidade de Patu, ao qual será apresentado a autoridade policial para os procedimentos cabíveis.
"Nandim", já tem passagem pela justiça e também, passagem pelo presídio de Patu. O celular roubado, não foi encontrado pela PM.

TV UNIÃO QUER TRANSMITIR NOVAMENTE O CAMPEONATO POTIGUAR

A saída dos canais Esporte Interativo das plataformas de TV por assinatura causou um vácuo, que vem sendo difícil ser preenchido pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), em relação a conseguir mais visibilidade para o Campeonato Potiguar 2019. Mas a TV União, pioneira no televisionamento do futebol potiguar apresentou uma proposta que pode viabilizar a transmissão do Estadual a partir da próxima temporada.
O superintendente Manoel Ramalho, disse que se trata de uma fórmula onde o único risco para os clubes será ganhar dinheiro. A fórmula é uma ideia antiga do empresário, que só agora, com a saída dos canais Esporte Interativo poderá ser colocada em prática no RN. Será a transmissão da competição via pay-per-view, onde o assinante da Cabo Telecom terá acesso às transmissões de pelo menos 28 partidas do certame do ano que vem.
“Essa proposta eu queria implantar já em 2013, quando surgiu a proposta da TV Interativo para transmissão do nosso Campeonato. Naquela época eu já sofria com o problema da falta de patrocínio, tendência que só veio a se confirmar nos dias atuais e nós temos de buscar outros meios de financiar os nossos clubes e as transmissões dos jogos. Nada melhor do que fazer isso com o torcedor, que comprando o pacote, além de poder acompanhar o Estadual de onde estiver, vai estar ajudando o seu clube de forma direta”, enfatizou Manoel Ramalho.
A notícia está na página virtual da Tribuna do Norte. Clique aqui para saber mais.

SUSPEITO DE INTEGRAR QUADRILHA DE ROUBO A BANCOS E COMANDAR TRÁFICO DE DROGAS EM ASSÚ, É PRESO

Uma ação conjunta, envolvendo policiais civis da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado do Rio Grande do Norte (Deicor) e da Divisão de Homicídios da Paraíba, prendeu um homem suspeito de participar de uma quadrilha de roubo a bancos e de comandar o tráfico de drogas em várias cidades nos dois estados, principalmente em Assú, no Oeste potiguar, e em Patos, no sertão paraibano.

O preso é Valdenor Xavier de Sousa Júnior, de 37 anos, o ‘Júnior dos Remédios’. Ele é um dos 92 detentos que fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima PB1, em João Pessoa, há pouco mais de um mês.
Titular da Deicor, o delegado Odilon Teodósio disse ao G1 que Júnior dos Remédios é responsável por movimentar entre R$ 10 e 20 milhões por mês.
Ao todo, seis pessoas foram presas e mais de R$ 2 milhões em produtos ilícitos apreendidos em uma casa de alto padrão em Nova Parnamirim e em uma granja luxuosa localizada na zona rural de Nísia Floresta, ambas na Grande Natal. Três pessoas conseguiram fugir do cerco à granja, mas já foram identificadas. A operação começou na tarde da sexta-feira (19) e só foi concluída na madrugada deste sábado (20).
A casa onde o suspeito estava foi alugada há pouco tempo, ainda antes da fuga da penitenciária. Fica no conjunto Cidade Verde, em Nova Parnamirim, bairro de Parnamirim. Lá, ainda de acordo com o delegado, também foram presos Ernani Fernandes Brandão Neto, de 23 anos, que também escapou do PB1, e duas mulheres. “Na casa, que é de alto padrão, apreendemos vários cartões de crédito, R$ 12.500 em dinheiro, aparelhos celulares, relógios, e uma caminhonete”, acrescentou.
Ainda no imóvel, os policiais perceberam que toda a mobília havia sido adquirida recentemente e que, nas notas de compra, o endereço que constava para a entrega não era o da casa, mas o endereço da granja.
Na sequência da operação, à noite, Odilon disse que os agentes localizaram a granja, que na comunidade de Lagoa Azul, na zona rural de Nísia Floresta, e montaram um cerco. Três pessoas conseguiram fugir, mas dois homens acabaram presos – entre eles um taxista que chegou transportando 2 quilos de cocaína. “Só de produtos eletrônicos, apreendemos quase R$ 1 milhão nesta granja, que é bastante luxuosa”, complementou.
O delegado disse que o taxista mora em Mossoró, no Oeste potiguar, onde foram encontrados uma pistola e aproximadamente 1 quilo de cocaína.

Ainda de acordo com o delegado Odilon Teodósio, o grupo a que Júnior dos Remédios faz parte, e do qual ele é apontado pela polícia como chefe, é suspeito de participar da explosão de um carro-forte na BR-304, no município de Assú, crime ocorrido no final de abril deste ano.
Esta é a segunda vez que Júnior dos Remédios é preso no RN. A primeira foi em março do ano passado, na cidade de Assú, como principal alvo da 'Operação Sualk'. Na ocasião, ele foi apontado como suspeito de cometer vários roubos a agências bancárias. Segundo a polícia, o dinheiro saqueado servia para financiar o tráfico de drogas na região do Vale do Açu, no Oeste potiguar, e também no sertão paraibano, tendo a cidade de Patos como principal território.
Fonte: G1/RN

JÚRI CONDENA PISTOLEIRO POR TER MATADO MANOEL BOTINHA E ABSOLVE PAI E FILHO

O Tribunal do Júri Popular condenou um e absolveu dois acusados de matar o vereador de Assu, Manoel Ferreira Targino, Manoel Botinha, e pela tentativa de homicídio contra Francisco Adriano Bezerra, o Biano, em abril de 2015. O júri aconteceu nesta sexta-feira (19), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró.
Foi condenado: o pistoleiro José Roberto Nascimento da Silva, conhecido como Feitosa. No plenário, ele confessou o crime e revelou que não matou Botinha por dinheiro. Disse que foi convencido por Sérgio Tavares (morto dois meses depois da morte de Botinha) a ir fazer uma cobrança de R$ 25 mil na oficina do vereador, em  Assu.
Feitosa ressaltou em seu longo depoimento no plenário do Tribunal do Júri, que não mata por dinheiro. Que não precisa e mesmo que precisasse não o faria. Assegurou que ganhava a vida fazendo assalto a banco, e antes de matar o vereador, havia feito três grandes assaltos, tendo ficado com R$ 180 mil em dois e mais R$ 110 mil em outro.
O assassino de Manoel Botinha disse que sabe onde tem dinheiro e tem coragem para ir buscar. Pelo assassinato do vereador assuense, Feitosa terminou condenado a 33 anos e 4 meses de prisão no regime fechado. Ele já cumpre pela pelos crimes de assalto a banco e aguarda julgamento por outras ocorrências.
Durante seu depoimento aos advogados de defesa, Feitosa deixou a entender que o grande culpado pela morte de Manoel Botinha e pela tentativa de homicídio contra Biano. Disse que Valdete Veríssimo, que aguardou julgamento preso em casa, e Jalisson Veríssimo, que aguardou julgamento preso, não participaram do crime.
Ao final dos debates, o Conselho de Sentença, formado por 4 homens e 3 mulheres, inocentaram Valdete Veríssimo de Melo, de 45 anos, e seu filho Jalisson Veríssimo de Melo, de 26 anos. Inclusive, o Ministério Público pediu a absolvição dos réus. Tanto para os advogados de defesa, como para o Ministério Público Estadual, não haviam provas contra os dois.
Após os debates entre promotor de Justiça e os três advogados de defesa, o Conselho de Sentença, em sala secreta, votou pela condenação de Feitosa, nos termos pleiteados pelos promotor de Justiça, e pela absolvição de Jallinson e o pai dele Valdete Veríssimo, também nos termos pleiteados pelo Ministério Público Estadual.
Inicialmente o Ministério Público apontou a participação de oito pessoas no crime contra o vereador, motivado por uma briga de famílias na região do Vale do Açu que havia começado em 2013. O sétimo acusado é Weber Veríssimo de Melo, o Ebinho,e o oitavo não chegou a ser processado. É Sérgio Tavares, que foi executado 2 meses depois que Botinah foi morto.
O juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros informou que o júri de Ebvinho está marcado para novembro.
Lista de envolvidos na morte:
1) Itamar Veríssimo de Melo - condenado a 30 anos e oito meses de prisão
2) Douglas Daniel Morais de Melo - condenado a 25 anos e quatro meses de prisão
3) Joelma de Morais Ferreira - condenada a 28 anos e oito meses de prisão
4) José Roberto Nascimento da Silva - 33 anos e 4 meses de prisão
5) Valdete Veríssimo de Melo - absolvido
6) Jalisson Veríssimo de Melo - absolvido
7) Weber Veríssimo de Melo - júri marcado para novembro
8) Sérgio Tavares - assassinado 
Informações do Portal Mossoró Hoje