BIÓLOGO CONDENADO POR FALSIDADE IDEOLÓGICA APÓS SE PASSAR POR ENGENHEIRO É PRESO PELA PF NO RN

A Polícia Federal prendeu um biólogo de 41 anos, condenado por crimes de falsificação de documento público e uso de documento falso, nesta terça-feira (2) em Natal. Segundo a corporação, ele se passava por engenheiro.

A detenção aconteceu no bairro Cidade da Esperança, na Zona Oeste da capital potiguar. Os policiais cumpriram um mandado de prisão expedido pela 14ª Vara da Justiça Federal/RN.
Segundo a sentença, de 2012, o homem falsificou documentos do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agricultura no Rio Grande do Norte (CREA-RN), usando o nome de um engenheiro inscrito na autarquia para assumir a titularidade de obras e assinar diversos contratos, como se fosse engenheiro.
A pena imposta foi de 5 anos de reclusão em regime semiaberto.
Após ser submetido a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia, o sentenciado foi conduzido ao sistema prisional do estado onde deverá cumprir a pena imposta pela Justiça. G1RN

whatsapp