VÍTIMAS RECONHECEM POLICIAL PENAL DO RN COMO AUTOR DE ASSASSINATOS, ASSALTOS E SEQUESTRO

O policial penal Victor Hugo de Souto Valença é o principal suspeito de matar duas pessoas em Natal, balear outra e sequestrar uma quarta vítima no último sábado (9). A identificação do suspeito foi confirmada pela Polícia Civil e pela Secretaria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte nesta segunda-feira (11).

Segundo a delegada Michelle Porto, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela investigação, o suspeito foi reconhecido pelas vítimas sobreviventes.
"Já temos certeza absoluta da autoria dos fatos", afirmou.
Victor Hugo é servidor da Seap desde 2018 e era lotado no Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga, localizado no complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal. A pasta informou que abriu uma apuração e que o servidor deverá ser expulso da corporação após o fim do processo.
"Até essa data ele nunca tinha apresentado qualquer histórico de violência, era um servidor comum. Também não tínhamos informação de dependência química. Essa história toda deve ser esclarecida no decorrer do inquérito policial", afirmou o secretário de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, ao g1.
Victor Hugo foi preso em flagrante por sequestro na noite de sábado (9) em Pernambuco, e segue detido por força de dois mandados - um de prisão temporária e outro de prisão preventiva.
Segundo a Polícia Civil, em depoimento às autoridades policiais de Pernambuco, o homem preferiu ficar calado. A polícia ainda não sabe quando ele será transferido para o Rio Grande do Norte. G1RN

whatsapp