EX-NAMORADO PRESO CONFESSA QUE PREMEDITOU ASSASSINATO DE JOVEM TRANS EM NATAL

O ex-namorado da jovem trans assassinada a facadas neste sábado (14), em Natal, foi preso e confessou o crime, segundo a Polícia Civil. Um vídeo colhido pelos investigadores mostra o ataque.

De acordo com o delegado Adson Kleper, o homem de 28 anos deverá responder por feminicídio.
A vítima foi identificada oficialmente como Estefani Rodrigues Soares, de 18 anos. Ela foi morta em uma praça na Rua Desembargador Carlos Augusto, em Lagoa Nova, na Zona Sul da capital.
Um motorista por aplicativo ouviu os gritos de socorro da jovem e viu o corpo caído no chão. Ele ainda tentou seguir o suspeito que correu em fuga. A faca usada no crime foi encontrada na praça.
Acionada, a Polícia Militar conseguiu prender o autor do crime no bairro de Nova Descoberta.
O homem estava ferido com um corte na mão e foi levado para a UPA Potengi, para ser atendido, antes de ser coduzido para o plantão da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, na Zona Norte da capital.
Segundo o delegado, durante o depoimento, o homem confessou que o crime foi premeditado. Ele ainda disse que teve uma desavença com a vítima em janeiro e ela o esfaqueou. Ele, então, contou ao delegado que denunciou a agressão, mas viu que a investigação não avançava e resolveu agir por conta própria, marcando um encontro e matando a jovem.Apesar da versão de vingança apresentada pelo agressor, o caso foi registrado como feminicídio, por causa do relacionamento entre ele e a vítima, segundo explicou o delegado.
"É crime grave, hediondo, e por isso foi ele autuado em flagrante e vai responder pelo crime preso", afirmou. G1RN

whatsapp