GRUPO SUSPEITO DE APLICAR GOLPE VIA WHATSAPP CONTRA PREFEITOS DA PB É ALVO DE OPERAÇÃO NO RN

Uma operação da Polícia Civil da Paraíba cumpriu 12 mandados de busca e apreensão contra um grupo suspeito de aplicar golpes via WhatsApp, que tinham como principais alvos políticos e empresários paraibanos. A ação, batizada de 'Fake Man', aconteceu na região metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte.

De acordo com o delegado Hugo Lucena, a organização criava perfis falsos, se passando por prefeitos paraibanos e autoridades públicas. Eles conseguiram convencer as vítimas a transferirem dinheiro para as contas deles
Ainda segundo o delegado, os crimes foram praticados nos anos de 2020 e 2021. O grupo investigado conta com a participação de ao menos oito integrantes. O suspeito de chefiar a organização é um homem de 23 anos de idade, sem histórico criminal, residente em Extremoz, região metropolitana de Natal.
“Essas quantias eram repassadas a contas cadastradas em agências bancárias do Rio Grande do Norte. As investigações realizadas pela Polícia Civil da Paraíba revelou a estrutura da organização criminosa e com a ação de hoje conseguimos confirmar a identidade do autor intelectual dos crimes e chefe do grupo, ou seja, aquele que aplicava, de fato, os golpes”, disse o delegado Hugo Lucena.
A operação recolheu aparelhos celulares e outros objetos, que serão submetidos a exames periciais e encaminhados à Justiça. G1RN

whatsapp