PROMOTORA DE JUSTIÇA AVERIGUA DESCUMPRIMENTO DE LEI, PELA PREFEITA DE PARAÚ


Da redação - Assú Notícia: A chefe do executivo de Paraú, não para de desafiar a justiça e é alvo novamente de ação do Ministério Público do Rio Grande do Norte. Maria Olímpia, que baterá recorde de investigações, volta a ser foco da promotora de justiça, Drª Patrícia Antunes Martins, da comarca de Campo Grande. Segundo a autoridade, Maria Olímpia é alvo de averiguação por descumprimento da lei municipal 322/2021, referente à denominação da Avenida Jacob Ferreira da Cunha.

O inquérito civil 04.23.2541.0000054/2022-77, resolve converter a notícia de fato para o inquérito civil, para que averigue o descumprimento da prefeita de Paraú, referente a denominação da Avenida Jacob Ferreira da Cunha. O ministério público solicita e determina que Maria Olímpia, apresente no prazo de dez dias, esclareça se o convênio com a Caixa Econômica Federal, referente a pavimentação do logradouro denominado Av. Jacob Ferreira da Cunha, já concluída. Em caso negativo, a prefeitura deve informar a data da provável conclusão, para fins de que seja sanada a irregularidade referente a denominação da referida avenida.

Populares relatam que Maria Olímpia vem se ausentando na cidade e passa boa parte do tempo em Natal. Ela teme em novas operações do Ministério Público e GAECO. Alvo de várias operações e procedimentos investigativos do MP, a chefe do executivo parece confrontar o órgão fiscalizador, sem temer ser afastada nos próximos dias.

Aos que trabalham na gestão, colaboram com esclarecimentos e denuncias que chegam diretamente ao Ministério Público da comarca de Campo Grande. A população aguarda que a justiça seja feita, e Maria Olímpia, seja definitivamente afastada do cargo.


whatsapp