LUTADORA DE JIU-JITSU PRESENCIA ASSALTO EM LOJA E IMOBILIZA CRIMINOSO NO RN

Um criminoso de 49 anos tentou assaltar uma loja de roupas masculinas em Nova Parnamirim, na Grande Natal, no início da tarde desta terça-feira (15) e acabou sendo perseguido e imobilizado por uma manicure faixa preta em jiu-jitsu, que presenciou o crime. Acionada, a Polícia Militar chegou em seguida e prendeu o criminoso em flagrante.

A loja fica na Rua Joaquim Teodoro e estava fechada para o horário de almoço. O criminoso se passou por cliente e pediu para entrar na loja para comprar roupas. Ele foi para o provador e em seguida anunciou o assalto.
A única pessoa na loja naquele momento era uma vendedora. Ela conta que ele pediu dinheiro, mas não havia em espécie no estabelecimento.
"Eu abri a porta, ele viu a loja completa e foi pro provador. Quando voltou, anunciou o assalto. Quando chega algum cliente, eu sempre deixo a porta aberta. Ai ele foi imediatamente e fechou", contou a vendedora Amanda Suyanne.
Em seguida, ele mostrou um simulacro, uma pistola de cola quente, para ameaçar a vendedora.
"Ele disse que era um assalto e mandou eu dar o dinheiro. Eu disse que não tinha. Então, ele disse pra eu ir lá pra trás e fechar com o cadeado. Eu fiquei muito nervosa. Provavelmente seria pra fazer outras coisas".
Foi quando a vendedora chamou pela vizinha, que tem um salão de beleza ao lado do ponto e estava varrendo a calçada - ela havia notado uma movimentação estranha na loja naquele momento.

"Eu a chamei, ela abriu a porta e eu empurrei ele. Ela saiu com um cabo de vassoura justamente porque ela estava varrendo na frente do salão. E correu atrás dele, metendo o cabo de vassoura nas costas dele", disse.
O assaltante foi imobilizado pela manicure, que é faixa preta de jiu-jitsu, até a Polícia Militar chegar e efetuar a prisão. G1RN


whatsapp