PERFIL DE EX-PREFEITO DO INTERIOR DO RN, DIZ QUE ELE FOI AMEAÇADO E RENUNCIOU CONTRA VONTADE

Uma postagem nas redes sociais atribuída a Francisco Damião de Oliveira, conhecido como Marcelo Oliveira, aponta que ele renunciou ao cargo de prefeito de João Dias por ter sido ameaçado de morte, sendo obrigado a deixar a função. Na postagem, que circulou nesta terça-feira (8), não há a menção a quem teria sido o autor das supostas ameaças.

A declaração atribuída ao ex-prefeito foi postada em resposta a um comentário em que Marcelo Oliveira teria sido "ingrato" com a população devido à renúncia. O comentário foi de uma servidora da Prefeitura de João Dias, que hoje é administrada por Damária Jácome, vice na chapa de Marcelo Oliveira. O ex-prefeito renunciou em 26 de julho do ano passado.

"Oxente! Ingrato, como assim? Fui ameaçado de morte e humilhado por fim a renunciar ao cargo de prefeito à força, contra a minha vontade, e você ainda me chama de ingrato. Seu dicionário é esse?", postou o perfil de Marcelo Oliveira.

A reportagem da Tribuna do Norte tentou o contato com o ex-prefeito para ter mais detalhes sobre as supostas ameaças, mas não conseguiu o contato.

Histórico

A família da atual prefeita, Damária Jácome, teve envolvimento com crimes recentemente. Em outubro do ano passado, dois irmãos foram mortos e um foi preso após confronto com a Polícia Civil, em operação contra o tráfico de drogas na região Nordeste.
Em nota, contudo, ela negou o envolvimento dos irmãos em crimes e afirmou que as acusações "são desprovidas de qualquer prova".
"Eu e minha família estamos vivendo os piores momentos das nossas vidas. Perdi dois, dos meus quatro irmãos. Jovens que foram brutalmente assassinados. Meus dois irmãos foram assassinados, sem que a eles fosse dado o direito de ser julgado pela Justiça dos homens. Tiraram a vida de dois jovens e estraçalharam com toda família do povo de João Dias, afinal, somos todos um só família", disse após a operação policial.
Até então, o ex-prefeito Marcelo Oliveira não havia dado nenhuma declaração sobre possível ameaça ou coação para renunciar ao cargo. Tribuna do Norte

whatsapp