ROUBO DE FIOS DEIXA SETOR PRODUTIVO DE SAL SEM ENERGIA NO VALE DO AÇU

Roubaram a fiação da rede elétrica que abastece várias empresas e comunidades da região do Delta do Rio Piranhas Açu, entre as cidades de Macau, Pendências e Porto do Mangue, no Vale do Açu, deixando um prejuízo milionário na cadeia produtiva do sal e do camarão

Os roubos da fiação elétrica começaram há cerca de cinco meses, segundo relata os empresários, sem que tenha sido adotado medidas que impeçam estes roubos. Desde então, tem ocorrido praticamente roubos dos fios todas as semanas, comprometendo o abastecimento elétrico.
Neste dia 14, ocorreu novamente. Os ladrões cortarem os fios entre os postes e roubaram, para vender o cobre no mercado de sucata. A reportagem do MOSSORÓ HOJE fez contato com a COSERN, que confirmou o roubo e que adota providências para religar a energia.
Ocorre que quando ocorre um roubo desta natureza, o COSERN chega a precisar de até 2 dias e meio para repor os fios roubados e religar. As vezes até mais do que isto. É quando os ladrões derrubam o poste para tirar os fios, o que aconteceu há cerca de 15 dias.
Em Nota, a COSERN informou que roubos de fios é mais comum do que se imagina no Rio Grande do Norte. No ano de 2021 foram 1.230 ocorrências. Nos primeiros 15 dias de 2022, já foram registradas 218 ocorrências, um aumento exponencial de roubo de fios. Mossoró Hoje

whatsapp