CRIMINOSOS INVADEM CEMITÉRIO, FURTAM PEÇAS DE METAL E DEPEDRAM TÚMULOS

O Cemitério de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, virou alvo de criminosos que invadem o local para roubar peças metálicas e depredar os túmulos. Pelo menos dois casos aconteceram nesta semana e cerca de 40 túmulos foram violados.

A população que mora no entorno e pessoas que têm familiares sepultados no cemitério reclamam da insegurança e do desrespeito.

Quando não conseguem retirar as imagens ou argolas de bronze, os bandidos quebram tampas dos túmulos. As pedras de mármores de vários jazidos foram destruídas, deixando um prejuízo para as famílias.

As invasões teriam acontecido na noite da última segunda-feira (10) e também nesta terça (12).

O aposentado Geraldo Magalhães foi ao cemitério na manhã desta quarta-feira (12), como faz rotineiramente, para cuidar do túmulo da família. Quando chegou, teve uma surpresa desagradável: a imagem do Cristo no jazido tinha sido furtada. Além disso, encontrou a placa em homenagem ao seu sogro quebrada.

"Pelo que ouvi falar, são mais de 30 túmulos nessa situação. A gente se sente ultrajado. Me sinto ofendido. Mas fazer o que? O poder público, não é de hoje, é omisso desde sempre. Não sei onde vai parar. Não vai parar. A situação está um horror", afirmou.

Durante a noite, não há vigilância no cemitério. Nos dois casos registrados nesta semana, os funcionários só notaram os furtos quando chegaram ao trabalho pela manhã. G1RN


whatsapp