ASSÚ FECHA 2021 COM O REGISTRO DE 34 MORTES, 20 A MAIS EM COMPARAÇÃO AO ANO DE 2020

Da redação - Assú Notícia:
O ano de 2021 foi violento comparado ao ano de 2020. Houve um aumento de 20 mortes a mais em comparação ao mesmo período do termino do ano. Ao todo, Assú registrou somente em 2021, a marca de 34º mortes violentas. Os crimes foram contra e aconteceram em diversos bairros ou comunidades da cidade. Abaixo, veja os nomes, locais e datas em que foram mortos. 14 crimes aconteceram em comunidades rurais da cidade, ocupando a colocação da área mais violenta na questão de mortes em 2021.

  1. Erico da Costa Cunha - Carrerinha, morto no bairro Dom Elizeu no dia 09 de Janeiro.
  2. Francisco José Martins - Chiquinho de Deca, morto na Lagoa do Ferreiro de fora no dia 16 de Janeiro.
  3. Voniclecio Valmir de Sousa - Valmir, morto no conjunto Colorado, no dia 23 de Janeiro.
  4. João Paulo Fernandes dos Santos - João Paulo, morto no Rio Açu, no dia 05 de Março.
  5. Roniele Sales das Neves - Roniele, morto no Frutilândia, no dia 06 de Março.
  6. Emanoel Jalisson Jorge da Silva - Charuto, morto no assentamento Mauricio de Oliveira, no dia 09 de Março.
  7. Lavoisier Galdino da Silva - Lavoisier, morto na RN-233 no dia 04 de Abril.
  8. Francisco Renderson Pereira - Randerson, morto na Lagoa do Ferreiro de fora, no dia 21 de Abril.
  9. Hudson Kell Apolonio Siqueira - Kelinho, morto no Panon II, no dia 27 de Abril.
  10. Nelson Gomes Fonseca - Nelsinho, morto no Parati 2000, no dia 15 de Abril.
  11. Adailton Romão - Barruada, morto no Vertentes, no dia 23 de Maio.
  12. Francisco Matheus de Oliveira - Francisquim, morto no Vertentes, no dia 26 de Maio.
  13. José Vanilson da Silva Nogueira Júnior - Júnior, morto na comunidade de Boa Vista, no dia 31 de Maio.
  14. Mario Sérgio de Assis - Mário, morto na comunidade do Poré, no dia 08 de Junho.
  15. Francinildo Cortez - Negão, morto na comunidade do Poré, no dia 08 de Junho.
  16. Camilo Pedro Fernandes - Camilo, morto na comunidade do Poré, no dia 08 de Junho.
  17. Hercules Felix Pinto - Dedé, morto na comunidade do Panon II, no dia 28 de Junho.
  18. Maria Letícia da Costa - Letícia, morta no Parati 2000, no dia 27 de Junho.
  19. Francisco Oliveira Bezerra - Oliveira, morto na comunidade de Compasa, no dia 03 de Agosto.
  20. Pinininho, morto na comunidade de Baviera, no dia 02 de Agosto.
  21. Jeimes Saturno de Souza - Galeguinho, morto no Frutilândia, no dia 02 de Setembro.
  22. Francisco Josimar dos Santos - Josimar, morto no conjunto Irmã Lindalva, no dia 19 de Setembro.
  23. Maycon David Fernandes da Costa - Maiquinho, morto no Feliz Assu, no dia 20 de Setembro.
  24. Wasthington Fernandes Frutuoso - Uó, morto no Parati 2000, no dia 06 de Outubro.
  25. Carlos Daniel - Frankenstein, morto no Meus Amores, no dia 16 de Outubro.
  26. Tales Magno Mendes de Oliveira Melo - Talles - morto em frente ao Oasis, no dia 16 de Outubro.
  27. Pablo Ramon da Silva - Ramon PMCE, morto na favela do Belo Horizonte, no dia 29 de Outubro.
  28. Rafael Felipe de Araújo - Rafael Mocego, morto na RN-233, no dia 30 de Outubro.
  29. Diego Fernandes da Silva - Diego, morto no bairro Dom Elizeu, no dia 03 de Novembro.
  30. Carlos Eduardo Cirilo da Silva - Bidu, morto no Centro de Assú, no dia 14 de Novembro.
  31. João Evangelista da Silva - Dilé, morto na comunidade de Linda Flor, no dia 27 de Novembro.
  32. Ítalo Lima Nunes - Bileu, morto no bairro Vista Bela, no dia 09 de Dezembro.
  33. Denis Lacerda Bezerra - Denis Vaqueiro, morto na Baviera, no dia 17 de Dezembro.
  34. Alisson Matheus da Silva - Pepeta, morto no bairro Vertentes, no dia 29 de Dezembro de 2021.

Em 2020 as mortes registradas foram contra; Jalysson Felipe Loes, Leandro Ricardo Varela Souto Silva, José Augusto de Paulo Neto, Francisco Galdino Sobrinho, Diego Costa de Oliveira, Antonio Carlos da Silva, Geovane Dantas, Marcos Antonio de Souza Rodrigues, André Marcolino Pinto, Jadson Breno Bezerra do Nascimento, André Pinheiro Bezerra, José Matheus Barbosa do Nascimento, Magnus Alves da Silva e Francinaldo Araújo Alves de Melo. Essas foram todas as vítimas de homicídios que aconteceram no ano de 2020.


whatsapp