JUSTIÇA DO CEARÁ DECIDE SOLTAR O CANTOR ÁVINE VINNY APÓS PRISÃO POR SUSPEITA DE AMEAÇAR A EX-MULHER

A Justiça do Ceará decidiu, durante audiência de custódia, nesta terça-feira (14), soltar o cantor Ávine Vinny, de 32 anos. Ele estava preso desde a noite desta segunda, quando foi autuado em flagrante no âmbito da violência doméstica por suspeita de ameaçar a ex-mulher, Laís Holanda. O artista responderá ao processo em liberdade e não haverá necessidade de usar tornozeleira eletrônica.
A vítima procurou a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em Fortaleza, para denunciar Vinny, alegando que ele a ameaçara. Enquanto fazia o registro de ocorrência do caso, ela recebeu ameaças por mensagens, segundo a Polícia Civil. A corporação disse, em nota, que “durante o registro do procedimento, a vítima, de 31 anos, recebeu mensagens do suspeito com novas ameaças”.
A Polícia Civil informou ainda que, diante do ocorrido, começou a fazer diligências e conseguiu localizar Vinny, que foi preso e autuado em flagrante no âmbito da violência doméstica. Medidas protetivas de urgência para Laís foram solicitadas à Justiça. Vinny e Laís tiveram um relacionamento por oito anos e têm uma filha. Os dois estariam sem se encontrar há dois meses e a mulher não estaria deixando o cantor ver a menina, após descobrir que ele tem uma nova namorada.
O cantor começou a carreira aos 20 anos, na banda “Xé Pop”. Ele ganhou destaque no forró e neste ano tornou-se nacionalmente conhecido por causa de “Coração Cachorro”, inspirada numa música de James Blunt. As informações são do portal “Metrópoles”.

whatsapp