SEM PENA, PREFEITA DE PARAÚ VAI GASTAR MAIS DE R$ 17.400 MIL COM GRAMA

Da redação - Assú Notícia: A chefe do executivo de Paraú, Maria Olímpia (por tempo indeterminado), não usa a moralidade para economizar recursos e gerir corretamente o dinheiro público do seu 'amado povo'. Ela publicou no Diário Oficial dos Municípios, um contrato que é pra lá de absurdo.

O contrato, trás informações que à gestora sob pressão, contratou uma empresa de assistência técnica Agropecuária, para fornecer grama ao município. Ela vai pagar do dinheiro do contribuinte, o valor R$ 17.480 reais, sem tirar nenhum centavo a mais ou a menos. 

A moralidade, passou longe da gestão dos desmandos que já foi alvo de diversas operações do Ministério Público e GAECO. Tudo isso, gerido pela chefe do executivo que arregaça as mangas e demostra o desrespeito com o seu povo, gastando o dinheiro público a torta e a direita, sem fornecer prioridade ao seu povo.

O contrato, que a prefeita assinou, não trás informações e destinos fixos para toda essa grama, que pelo sinal, deverá fornecer a cada morador, pelo menos, pelo valor alto a ser pago, isso deve ser o esperado. Enquanto isso, segue fazendo contratos altos sem economizar. 

A marca da gestão é atrasar os salários de quem trabalha corretamente e cumpre a carga horária. Por sua vez, usa as redes sociais para se vitimizar, alegando falta de verba para conseguir concluir os pagamentos. Realmente, onde não se economiza, o dinheiro som e faz falta - Não adianta chorar o leite derramado.


whatsapp