POLÍCIA CUMPRE MANDADO DE PRISÃO CONTRA MULHER CONDENADA PELA MORTE DE ELIZETE EM 1996 EM IPANGUAÇU

Elizete Lemos
Da redação - Assú Notícia:
 Uma denuncia levou os policiais militares do 12º Batalhão da cidade de Mossoró, para averiguar a informação num bar, localizado em Mossoró, no Oeste Potiguar. A guarnição foi até o bar, e realizou uma abordagem, sendo identificada uma pessoa por nome de Carlúzia Maria de Oliveira, ela recebeu voz de prisão e foi levada para a delegacia de polícia civil e apresentada a autoridade policial. Carlúzia, foi condenada pela morte de Elizete Lemos, acontecida no ano de 1996, na cidade de Ipanguaçu. Na época, a criança foi raptada e assassinada com requintes de crueldade, na comunidade de Arapuá, zona rural de Ipanguaçu.
O Crime
A morte de Elizete Moura Lemos, em ritual de magia negra, em 10 de novembro de 1996, causou revolta, grandes mobilizações populares e repercussão nacional. O crime ocorreu por volta das 19 horas, na localidade denominada Sítio Arapuá, em Ipanguaçu/RN, os denunciados, associados em quadrilha, sequestraram e mataram Elizete Moura Lemos, com dez anos de idade, mediante afogamento e posterior mutilação do corpo da criança com o uso de objetos perfurocortantes.

whatsapp