DOIS POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS SUSPEITOS DE EXIGIR R$ 50 MIL PARA NÃO PRENDER MULHER EM NATAL

Dois policiais militares foram presos nesta terça-feira (19) em Natal suspeitos de exigirem R$ 50 mil para não prenderem uma mulher. Além deles, outra pessoa também foi detida pelo crime.

As três prisões aconteceram no bairro San Vale, na Zona Sul da capital, em uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público do RN.
Os órgãos chegaram até os suspeitos após a mulher procurar a polícia e informar que quatro suspeitos encapuzados a abordaram e exigiram R$ 50 mil para não prendê-la por um suposto mandado de prisão.
Segundo a Polícia Civil, os suspeitos, que chegaram a restringir a liberdade da vítima, combinaram que o valor deveria ser entregue nesta terça-feira (19), por volta das 12h.
Os policiais civis, portanto, acompanharam a vítima até o local e após a entrega do dinheiro, houve a abordagem. Os três suspeitos que estavam no local foram detidos com o dinheiro, aparelhos celulares, três pistolas, capuzes e capas de colete.
Os dois policiais militares presos foram conduzidos até o local indicado pelo Comando da Polícia Militar. O terceiro suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.
Os policiais responderão pelo crime concussão, que é quando um servidor público exige uma vantagem indevida para si ou para outro.
A ação foi comandada por policiais civis do Departamento de Combate a Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (DECCOR-LD), da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), além do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público (Gaeco/MPRN). g1rn

whatsapp