ADOLESCENTE MATA O PAI A PAULADAS NO INTERIOR DO RN POR CAUSA DE DÍVIDA COM FACÇÃO


O agricultor Edimar Leite foi morto a pauladas, pelo próprio filho, um jovem de 16 anos, neste domingo (4) no sítio Nogueira, localizado na zona rural do município de Martins.

Ele foi morto com, pelo menos, um golpe no lado direito da testa, enquanto estava deitado em uma rede, na sala de sua residência.
De acordo com informações do Sargento Isídio, do destacamento da PM em Martins, ao chegar no local, por voltas 18h de ontem, encontrou a vítima deitada em uma rede com, pelo menos, um golpe no lado direito da testa.
O homem teria sido morto por não querer emprestar ao filho R$ 600 para pagamento de uma dívida que o jovem tinha com uma facção criminosa que atua em Mossoró.
Ainda segundo o Sargento, um segundo motivo alegado pelo suspeito para matar Edimar foi que a vítima teria dado uma “surra” nele há cerca de quatro anos e o filho nunca o perdoou.
O CRIME
O PM, que era o único de plantão na cidade no dia, afirmou que foi avisado sobre o crime por um irmão da vítima, por volta das 18h. No local, após ouvir testemunhas, chegou ao nome do filho da vítima, o jovem de 16 anos.
De acordo com um outro irmão de Edimar, o rapaz morava em Mossoró e havia sido apreendido há poucos dias pelo GTO de Apodi, no momento em que transportava uma moto roubada em Mossoró para ser desmanchada em Frutuoso Gomes.
O suspeito esteve no local do crime e ao se deparar com a presença do policial, teria ficado nervoso e inquieto. O Sargento Isídio, acompanhado de um Policial Civil, foi até a casa da mãe do rapaz onde o questionou, na presença da mãe, se havia matado o pai. “Ele negou friamente”, disse o PM.
Após ser pressionado, o suspeito acabou confessando o crime. Contou que esteve no sítio e que havia insistido para o pai dar o dinheiro para ele se livrar da dívida com a facção criminosa. O pai negou e ele foi embora.
Na manhã deste domingo, Edimar foi até a cidade de Frutuoso Gomes, onde voltou a ser encontrar com o filho, que novamente pediu o dinheiro. Ele negou mais uma vez.
Por volta das 15h, o suspeito foi até o sítio encontrou o pai bebendo. Foi então que ele aproveitou o momento e o golpeou na cabeça, fugindo em seguida.
Após confessar o crime, o menor foi apreendido e já foi encaminhado para um centro de detenção de menores no município de Caicó. Ele chegou a dizer aos policiais que estava arrependido do que fez. Mossoró Hoje

whatsapp